Home » SEO

O que é o Google Instant ?

16 setembro 2010 3.469 Leitores 0 Comentários

O Google Instant é uma nova funcionalidade do motor de busca do Google. À medida que o internauta for escrevendo as palavras que deseja pesquisar, os resultados da pesquisa vão mudando, actualizando-se, em função da porção que já foi introduzida, em função das primeiras letras ou palavras que já se encontram digitadas na caixa de pesquisa. Os resultados aparecem antes de se terminar de escrever tudo, e mesmo sem se clicar no botão “pesquisar”, o que pode tornar o processo de pesquisa mais rápido para os utilizadores.

Segundo o Google esta nova funcionalidade baseia-se no facto de que os utilizadores levam muito mais tempo a escrever na caixa de pesquisas do que a ler e a seleccionar os resultados da pesquisa que lhes interessam, procurando assim facilitar-lhes a vida.

Veja o vídeo “Google vs Google Instant”:

O Google Instant também abre uma caixa de sugestões por baixo da caixa de pesquisas, e na própria caixa de pesquisas um “auto-complete” sugere uma forma de completarmos as palavras que estamos a escrever.

O Google Instant vai afectar a visibilidade dos nossos sites?

Resta saber se esta mudança na forma como os resultados são apresentados serão boas noticias para quem tem sites na internet e precisa deles nas melhores posições nos motores de busca.

Um indicador da importância deste assunto e a antecipar que vêm aí ventos de mudança é o facto de haver já muitos webmasters e blogueiros no universo da língua portuguesa a falar sobre Google Instant apesar de este ainda nem estar disponível no http://google.com.br e no google.pt .

Claro que sim. Não tenho dúvidas que o Google Instant vai afectar a visibilidade de alguns sites.

Numa primeira observação do Google Instant em funcionamento, facilmente observamos que o todo o processo de sugestões (a caixa que se abre por baixo da caixa de pesquisas) ocupa bastante espaço. Por baixo da caixa de sugestões ainda temos que contar com o espaço que ocupam os anúncios do adwords. Sobra cerca de metade do ecrã (ou até menos) para os resultados orgânicos (pelo menos na maior parte das resoluções). Isto significa que apenas os 2 ou 3 primeiros resultados naturais vão receber uma quantidade interessante de visitas provenientes do Google. Os donos destes primeiros sites podem ficar a ganhar com o Google Instant podendo passar a vir a receber mais visitas do que recebiam antes da implementação do Google Instant.

Mas pode não ser tanto assim. Isto porque os anúncios do AdWords também ganham destaque, passam a ocupar uma posição central no ecrã (e numa lista com menos resultados do que o que acontecia antes, com menos opções, os anúncios ganham ainda mais força), podendo desta forma contrariar o aumento de visitantes que os sites das primeiras posições naturais teriam (que os perdem para o AdWords).

Não estou certo de que os utilizadores fiquem a ganhar com este novo processo de pesquisas. É que se por um lado eles recebem a ajuda das sugestões (e podem obter resultados mais rápidamente), por outro lado são menos os resultados que lhes colocam perante os olhos, obrigando-os a fazer scrolldown sempre que querem ver várias opções, sempre que não querem ficar limitados a 2 ou 3 resultados para uma determinada “palavra chave”.

O que vai mudar nas técnicas de optimização dos sites para os motores de busca (SEO)?

É ainda muito prematuro tentar prever que técnicas SEO vão surgir e quais as que se vão tornar obsoletas com a chegada do Google Instant, até porque este ainda está em fase de testes, ninguém sabe se vai ficar como está ou se vai sofrer mais alterações. Mas a tendência parece ser o aumentar ainda mais da importância dos primeiros lugares, que vão passar a ser mais disputados, aumentando a concorrência entre webmasters e blogueiros. Isto significa que vai aumentar ainda mais a procura e o desenvolvimento de técnicas SEO destinadas a alcançar os lugares cimeiros.

Por outro lado, optimizar os sites para as “long tails”, para palavras chave compridas que sejam sugeridas aos utilizadores, pode ser o caminho a seguir para captar os utilizadores que clicam nessas sugestões.

Se o Google Instant vai ter um impacto positivo ou negativo vamos saber quando este chegar a Portugal e ao Brasil, e começarmos a verificar aumento ou diminuição dos visitantes nos nossos sites. Nessa altura será possível analisar e compreender o que muda no comportamento dos utilizadores do motor de busca do Google e em função disso desenvolver as estratégias mais acertadas para optimizarmos os nossos sites para o Google Instant.

Experimente o Google Instant:
Por enquanto pode experimentar você mesmo o Google Instant em http://www.google.com/en .

E você?
Acha que o Google Instant vai afectar o tráfego do seu site?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Deixe um comentário!

Seja cordial. Respeite o assunto do tópico. Não faça spam.